Vacina contra a febre amarela faz três mortos

Outubro 14, 2007

vacina.jpgUm idoso morreu na passada sexta-feira no Peru, aumentando para três o número de mortes no país após a toma de uma vacina contra a febre amarela, apesar das autoridades sanitárias ainda não terem conseguido determinar as causas.

A vítima tinha 83 anos e faleceu no Hospital Regional de Ica, localizado a 325 quilómetros a Sul de Lima, conforme informações da Rádio Programas do Peru.

O director regional de Saúde de Ica, Brian Donayre, declarou, no entanto, que não é ainda possível determinar se o idoso terá realmente morrido devido à vacina.

Porém, já na quinta-feira, uma mulher que havia sido vacinada contra a febre amarela, em Setembro, faleceu, enquanto que, na semana anterior, um homem que recebeu a mesma vacina no Hospital de Ica acabou igualmente por morrer, factos que reforçam a suspeita dos efeitos nocivos que este tratamento poderá ter.

Texto: Sérgio Mendonça

Fonte: Lusa

Foto: Jornal Digital

Anúncios

Carta de intelectuais muçulmanos considerada “positiva” pelo Vaticano

Outubro 14, 2007

 

vaticano.jpg

O Vaticano comunicou esta semana que considera “positiva” e “encorajadora” uma carta assinada por mais de 130 intelectuais muçulmanos dirigida aos líderes do mundo cristão, entre os quais o Papa, que apela ao diálogo entre as duas religiões.

Monsenhor Jean-Louis Tauran, presidente do Conselho Pontifical para o diálogo inter-religioso, afirmou à Rádio Vaticano que este documento é “muito interessante”.

O responsável disse ainda que “é um documento novo porque provem dos muçulmanos sunitas e dos chiitas” e “representa um sinal muito encorajador porque demonstra que a boa vontade e o diálogo são capazes de vencer os prejuízos”.

A carta enviada por diversos intelectuais muçulmanos como forma de marcar o final do período do Ramadão compara várias passagens da Bíblia e do Corão, referindo que os dois textos sagrados incidem “na primazia do amor e na devoção a Deus”.

Esta missiva, que foi assinada por religiosos muçulmanos de vários países, como a Síria, a Bósnia Herzegovina e a Rússia, foi ainda dirigida ao arcebispo da Cantuária, chefe da igreja anglicana, e ao patriarca ecuménico de Constantinopla, principal bispo da Igreja Ortodoxa.

Texto: Sérgio Mendonça

Fonte: Lusa

Foto: Voz Portucalense

Príncipes belgas aguardam nascimento de mais um filho

Outubro 6, 2007

principes_belgica_felipe_e_matilde.jpgO príncipe Filipe, herdeiro do trono da Bélgica, e a sua mulher, a princesa Matilde, irão ter o seu quarto filho na próxima Primavera, anunciou sexta-feira o Palácio Real, em comunicado oficial.

Filipe de 47 anos, filho mais velho do rei belga Alberto II, e Matilde de 34, com quem casou em Dezembro de 1999, são já pais da princesa Isabel, nascida a 25 Outubro de 2001, e segunda na linha de sucessão ao trono, do príncipe Gabriel, que nasceu a 20 de Agosto de 2003 e do príncipe Emanuel, nascido a 4 de Outubro de 2005.

“No dia 4 de Outubro de 2007, dia do segundo aniversário de Emanuel, Isabel e Gabriel estão muito felizes por poderem anunciar que, na Primavera de 2008, darão as boas-vindas a uma irmão ou a um irmão”, refere o comunicado, onde se pode ler ainda que “o rei e a rainha e toda a família real, assim como a família da princesa Matilde, associam-se a este grande felicidade”.

 

Texto: Sérgio Mendonça

Fonte: Lusa

Foto: AFP

Governo japonês reconhece nacionalidade palestiniana

Outubro 6, 2007

passport_palestine.jpgO governo japonês vai reconhecer a nacionalidade aos palestinianos residentes no Japão e que até ao momento eram considerados “apátridas”, comunicou sexta-feira o Ministério da Justiça em Tóquio.

“Visto que a Autoridade Palestiniana estabeleceu um sistema quase equivalente ao de um Estado e emite os seus próprios passaportes, o ministério decidiu reconhecer a nacionalidade palestiniana”, declarou uma fonte do governo japonês.

O Japão aceita os passaportes palestinianos desde 2002 e só no ano transacto entraram no país com este tipo de documento 399 pessoas.

Actualmente, estão registados no Japão 1.717 “apátridas”, porém desconhece-se quantos deles são palestinianos.

 

Texto: Sérgio Mendonça

Fonte: Lusa

Foto: http://www.al-awdany.org/

Familiares e colaboradores de Pinochet libertados provisoriamente

Outubro 6, 2007

pinochet_e_esposa.jpgUm juiz chileno concedeu, na passada sexta-feira, a liberdade provisória para a viúva do ex-ditador chileno Augusto Pinochet, Lúcia Hiriart, assim como para os seus cinco filhos e outras 16 pessoas detidas quinta-feira por alegado desvio de fundos públicos.

Porém, esta decisão judicial não abrangeu Óscar Aitken, antigo executor testamentário de Pinochet, que governou o Chile com mão-de-ferro entre 1973 e 1990.

Os seis membros da família Pinochet que haviam sido detidos foram libertados após a apresentação de um pedido de “habeas corpus”.

Os advogados da família do antigo ditador consideraram ilegal a detenção, com a alegação de que não se pode considerar que haja qualquer crime de desvio de fundos públicos por quem nunca exerceu funções no Estado.

Os referidos fundos públicos estavam depositados em contas bancárias secretas nos Estados Unidos da América.

Entre os 16 antigos colaboradores que já foram libertados estão três generais reformados – Jorge Ballerino, Guillermo Garin e Hector Letelier – e ainda outros oficiais de patente mais baixa, a secretária de Pinochet Monica Ananias e o advogado Ambrosio Rodriguez.

Aquando da sua morte, em Dezembro de 2006, com 91 anos, Augusto Pinochet era alvo de processos por violação de direitos humanos e por corrupção.

 

Texto: Sérgio Mendonça

Fonte: Lusa

Foto: BBC / AP

Fujimori começa a ser julgado a 26 de Novembro

Outubro 6, 2007

fujimori_ex_presidente_peru.jpgO julgamento do ex-presidente peruano Alberto Fujimori, acusado de violar os direitos humanos, terá início no próximo dia 26 de Novembro, conforme anunciou na sexta-feira fonte judicial em Lima.

César San Martin, presidente da Sala Penal Especial do Supremo Tribunal de Justiça, revelou que o julgamento vai começar com a avaliação das responsabilidades de Fujimori nos casos de La Cantuta, Barrios Altos e Sótãos SIE.

“Por essa ordem e progressivamente, avaliaremos outros casos”, adiantou o juiz numa conferência de imprensa realizada no Palácio da Justiça, em Lima.

Os casos destacados por San Martin referem-se às matanças de 25 pessoas em Barrios Altos, no ano de 1991, e na Universidade de Cantuta, em 1992, e ainda aos sequestros do jornalista Gustavo Corriti e do empresário Samuel Dyer, também em 1992, no caso denominado de “Sótãos do Serviço de Informações do Exército (SIE)”.

A Procuradoria Geral pretende que o antigo chefe de Estado do Peru, que governou o país entre 1990 e 2000, seja condenado a uma pena de 30 anos de cadeia.

Texto: Sérgio Mendonça

Fonte: Lusa

Foto: Reuters

Incêndios devastam Paraguai

Setembro 29, 2007

incendio_paraguai.jpgOs incêndios que nas últimas quatro semanas têm assombrado o Paraguai causaram já cerca de 40 mil sinistrados e mais de um milhão de hectares de floresta ardida, segundo dados da Secretaria de Emergência Nacional. Só na passada sexta-feira havia o registo de 170 fogos activos no Noroeste do país.

Para responder a esta enorme catástrofe, têm sido várias as ajudas internacionais provenientes dos mais diversos estados.

O governo do Brasil mostrou-se solidário ao enviar quatro aviões cisterna que, desde o princípio de Setembro, se juntaram aos helicópteros da Força Aérea paraguaia no combate às chamas dos muitos incêndios florestais que lavram o país.

Por seu turno, a Venezuela facultou dois helicópteros militares e ainda contribuiu com uma ajuda monetária no valor de mais de um milhão de dólares, que foi entregue à Secretaria de Emergência Nacional.

Já a União Europeia anunciou publicamente, em Assunção, que irá entregar ao governo do Paraguai ajuda no valor de um milhão e meio de dólares, para apoio às comunidades indígenas e aos agricultores, que viram os seus bens reduzidos a cinzas.

Através do Departamento de Ajuda Humanitária da Comissão Europeia, a UE pretende fazer a distribuição de alimentos e de materiais para a construção de alojamentos temporários, e, ainda, fornecer assistência médica e permitir o restabelecimento de água potável.

O estado de emergência nacional, com uma duração inicial de 60 dias, foi declarado pelo presidente, Nicanor Duarte, a 12 de Setembro, em virtude da “grande dimensão dos incêndios no Paraguai”.

As razões principais para grande parte destes incêndios foram as queimadas feitas por agricultores, com o propósito de limpar e fertilizar os seus terrenos. As autoridades locais já detiveram mais de uma dezena de pessoas.

 

Texto: Sérgio Mendonça

Fonte: Lusa

Foto: Diário da Amazônia

 

Homens queimados vivos por roubarem gado no Peru

Setembro 29, 2007

pampas_tayacaja_peru.jpgCinco ladrões de gado foram queimados vivos pela população de uma aldeia em Pampas de Tayacaja, no Peru, que decidiu fazer justiça pelas próprias mãos, sendo que um dos assaltantes conseguiu escapar da ira popular, conforme informações da polícia de Huanvacelica.

Os cinco homens terão sido amarrados e espancados, antes dos aldeões lhes deitarem fogo, na madrugada de quinta-feira, altura em que a comunidade andina de San Miguel, localizada a 3.600 metros de altitude, os terá apanhado em flagrante a roubarem gado.

Segundo a polícia local, os habitantes de San Miguel agiram desta forma em resposta ao facto de “as autoridades terem libertado outro ladrão de gado” e também porque “os cinco homens já tinham sido acusados de vários outros crimes, de roubo de gado na zona”.

No Peru, desde há vários anos que os presumíveis ladrões são linchados em público ou queimados vivos pelos acusadores, algo que ocorre em consequência da demora ou mesmo ausência do sistema legal.

Texto: Sérgio Mendonça

Fonte: Lusa

Foto: http://www.pulsodigital.com

Fuga radioactiva em central nuclear na Bulgária

Setembro 29, 2007

central_nuclear_kozloduy1.jpgFoi detectada, na passada quinta-feira, uma ligeira fuga radioactiva na central nuclear de Kozlodoui, na Bulgária, sem que, no entanto, houvesse contaminação do pessoal, conforme anunciou o director da central, Ivan Guenov.

“A fuga foi originada na soldadura de um tubo pelo qual passam águas radioactivas. Não há nenhum perigo para o pessoal”, garantiu Guenov a uma rádio nacional búlgara.

Em comunicado, a direcção da central declarou que “um ligeiro aumento do fundo radioactivo foi constatado nomeadamente durante um controlo de rotina, quinta-feira, na parede exterior do corpo especial que está situado em frente dos reactores 5 e 6”.

O referido corpo “serve para transportar, tratar e preservar soluções radioactivas. O acidente ocorreu depois de um transporte de solução radioactiva”, esclarece o comunicado.

Os responsáveis da central de Kozlodoui estimam que o acontecimento sucedido deva ser classificado ao nível 0 da escala internacional de acidentes nucleares (INES), a qual é constituída por oito graus de gravidade, de 0 a 7 (como foi o caso do acidente de Chernobil), sendo que o nível 0 é, logicamente, o menos grave.

Esta central nuclear búlgara foi parcialmente encerrada em vésperas da adesão da Bulgária à União Europeia, a 1 de Janeiro de 2007, por pedido da UE, que evocou motivos de segurança.

Actualmente, apenas dois reactores, se mantêm em funcionamento, o 5 e o 6, a 1000 MW cada um, os restantes, já obsoletos, foram fechados.

Texto: Sérgio Mendonça

Fonte: Lusa

Foto: BBC